-->

  • Coluna do Aspie: Crônicas do Carimbador Maluco


    E aqui estou, trabalhando sem parar nesse cérebro. Meu departamento é muito importante, setor de validação. A informação chega, eu carimbo e passo adiante. Recebeu meu carimbo está validado e dali pra frente é aquilo que vale no que diz respeito ao discernimento desse humano cujo cérebro eu habito. 

    É tudo muito rápido, chegou eu bato os olhos e "Plunct", mais do que depressa já analisei "Plact", logo eu carimbo e "Zum", tá feito! 

    Geralmente eu não paro muito pra pensar, a informação já vem pronta, tem um tal de senso comum que ajuda muito então no geral é só carimbar e passar pra frente. 

    É cômoda a vida desse meu humano se eu faço meu trabalho direito. Então basta eu seguir esse meu processo que tudo vai bem. 

    Eu sigo daqui concordando com o setor do senso comum e tudo segue no conforto do existir, porque se tem algo que aprendi com o senso comum é que as coisas são como são, mudar isso só dá trabalho demais e o setor do estresse logo reclama. 

    Como meu serviço é meio automático, dou-me ao luxo até de desviar um pouco da função. Esses dias, como forma de passar o tempo mais rápido, pude até observar algumas das informações que recebia enquanto carimbava. 

    As primeiras, confesso, nem reparei direito, mas com o passar do tempo comecei até a refletir sobre o que olhava. Comecei a pensar que poderia ser diferente. Tinha coisa ali que, para ser bem sincero, não tinha muito cabimento. 

    Eu sempre fui muito eficiente, porém enquanto eu refletia sobre o que carimbava, o meu serviço acabou ficando mais lento. Reparei que não era só isso que me atrapalhava, aqui ao lado parece que o setor do senso comum está em reforma, uma barulheira só, parece que estão renovando tudo e pelo barulho que estão fazendo acho que estão quebrando e construindo tudo novo. 

    Voltando ao meu trabalho, agora é oficial, eu passei a analisar tudo que chega até mim. Talvez tenha notado, não sei, que esse "Plunct, Plact, Zum" já não me leve a lugar nenhum! E sabe que tem várias coisas agora que não consigo validar? Tá difícil para mim aceitar que as coisas tem que ser como sempre foram. É verdade que analisar e pensar sobre tudo leva mais tempo e pode até haver quem diga que não tenho a mesma eficiência de outrora, mas sinto-me bem assim. 

    Enquanto isso aqui ao lado abriram um novo setor no lugar onde era o senso comum. "BOM SENSO", dizia a placa nova que estava sendo instalada. Notei enquanto o responsável do antigo setor, agora demitido, passava por mim gritando... "Estou indo embora por sua causa seu carimbador maluco!" 

    Não entendi muito bem mas prometo que vou tirar um tempinho para analisar e o funcionário do bom senso já se ofereceu para me ajudar.

    Sobre o autor: @aspiesincero é codinome de um autista adulto que de posse de seu senso de humor de qualidade duvidosa, segue em ritmo de festa no instagram. Escreve porque tem insônia mas seu forte é procrastinar. Jura que dança com maestria e que poderia ser coreógrafo da carreta furacão.
  • COMPRE AQUI SEU LIVRO


    Guia Prático para autistas adultos: Como não surtar em situações do cotidiano.

    Sinopse: Neste guia você não vai encontrar técnicas ou fórmulas mágicas, pois o que escrevi aqui são experiências reais e servem de base para que você entenda como meu cérebro autista funciona na prática. Aqui você será espectador e verá a vida através do olhar de quem sente na pele as mesmas sensações que você. Sempre com leveza e bom humor te ensino a não surtar nesse mundo onde a gente se sente um E.T.

    ENDEREÇO

    Belo Horizonte / MG - Brasil

    EMAIL

    contato@vidadeautista.com.br

    WHATSAPP

    (+55 31) 9 9676-1628

    CELULAR

    (+55 31) 9 9676-1628