• Coluna do Aspie - Especial Dia dos Namorados



    Olá amigos!

    Dia dos namorados chegando e eu não poderia deixar de falar dessa data tão especial: A vida a dois, suas belezas e desafios.

    Todos sabemos que é maravilhoso ter alguém com quem contar. Ter aquela companhia para as noites de frio, maratonar os seriados juntos, fazer rir e dar risada apenas por estar com alguém especial. Mas nem tudo são flores... Existem as dificuldades do relacionamento, os dias em que não queremos ver ninguém, os momentos em que até o respirar do outro incomoda...

    Tudo na vida tem seus altos e baixos. Uns dias gloriosos e outros não tão bons assim. A convivência é um exercício diário de paciência. Saber lidar com o outro, suas manias e costumes, ter a consciência de que o outro também tem que aturar muitas coisas sobre nós, tudo isso faz parte do caminho para o mantenimento da relação.

    Quando encontramos alguém temos a chance de dividir e somar ao mesmo tempo. O amor faz isso. Dividimos lanches, somamos experiências; dividimos a conta, somamos esforços; dividimos tristezas e somamos alegrias! Têm momentos que não são fáceis, mas ninguém disse que seria... afinal, quem aqui é capaz de afirmar que a vida quando estamos sozinhos é sempre fácil?

    O que é diferente pode assustar, conviver com as diferenças não é simples mas ao mesmo tempo abre um novo mundo à sua frente. Aceitar o diferente é aceitar que podemos crescer. Ver outra realidade, enxergar através de outra perspectiva, pode ser maravilhoso! Conhecer o desconhecido se abrindo para alguém que foge do seu comum é muito recompensador.

    Então, nesse Dia dos Namorados não tenha medo de se abrir, de compartilhar, de aceitar o diferente, de ver um outro mundo que não o seu, de dividir e somar!

    A coluna aqui é do aspie e muitos me perguntam como é a vida amorosa no autismo, mas notem que não falei de autismo nenhuma vez porque o amor não escolhe gênero, não escolhe cor, não escolhe credo e também não escolhe entre neurotípicos e neurodiversos. O amor é aceitar o outro, independentemente de todos esses fatores. Por isso não tinha como escrever apenas sobre amor para autistas pois o amor é universal!

    Abraços do Aspie e podem continuar mandando suas dúvidas e sugestões através da página no Instagram @aspiesincero 


    Sobre o autor: @aspiesincero é um codinome de um autista adulto que não tem identidade conhecida apesar de uma teoria que diz que ele na verdade não existe e é um programa de computador destinado a dominar o mundo. Escreve porque não sabe tocar nenhum instrumento musical mas seu forte é cantar. Comedor de frituras astuto e bebedor de antiácidos . Ler é seu hiperfoco mas rir de si mesmo é seu verdadeiro dom.
  • FÓRUM: PERGUNTAS E RESPOSTAS


    ◆ Para fazer perguntas você precisa ser assinante do Vida de Autista.
    ◆ As perguntas serão respondidas pelos Psicólogos do Instituto Esperançar.
    ◆ Você também pode fazer perguntas para a Dani.
    ◆ Todas as perguntas e respostas ficarão disponíveis semanalmente no menu “Novidades” do site.
    ◆ A resposta da sua pergunta também pode ser privada, basta nos avisar ;)
    ◆ Assinando você colabora para que o Projeto Vida de Autista continue ajudando milhares de pessoas.
    ◆ Você também participa de sorteios exclusivos!

    ENDEREÇO

    Belo Horizonte / MG - Brasil

    EMAIL

    contato@vidadeautista.com.br

    WHATSAPP

    (+55 31) 9 9676-1628

    CELULAR

    (+55 31) 9 9676-1628